Pantosh Gigante em Milão

Em 2016, através de um projeto em conjunto com o SENAC-RJ, o Estúdio Lattoog e mais 22 alunos de design construíram uma replica gigante da Poltrona Pantosh. A empreitada durou 2 meses inteiros e, posteriormente, a peça foi expostas ao ar livre no Rio de Janeiro. Agora em 2018, a Pantosh Gigante foi exposta na Praça Duomo, em Milão, para celebrar os 10 anos de criação da peça e os 10 anos de participação de seus criadores no Saláo do Móvel de Milão.

pantosh 2.jpg

O desenho da poltrona “Pantosh” nasce da fusão de duas extraordinárias peças: A cadeira Panton do arquiteto dinamarquês Verner Panton datada de 1968 com a Poltrona Willow, do arquiteto escocês Charles Rennie Mackintosh, criada entre 1902 e 1904.Esta Poltrona faz parte da série Viralata© que é composta por diversas peças entre móveis, objetos e elementos arquitetônicos que são resultado de um processo ininterrupto de “cruzamentos” entre móveis e objetos que geram terceiras criações.

 pantosh 5.jpg

Em sintonia com o conceito de “antropofagia cultural”, lançado por Oswald de Andrade em 1928 – a idéia de devorar a cultura colonizadora e transfomá-la em cultura brasileira e revolucionária., a poltrona Pantosh, apresenta referências fortes porém sutis às raízes e cultura brasileira: Miscigenação, sincretismo e “viralatismo”.

Recebeu o Prêmio Idea Brasil em 2009, finalista da premiação do Museu da Casa Brasileira 2009, finalista da premiação internacional IF Awards 2009 em Frankfurt.