Luminárias na decoração

Já faz algum tempo que as luminárias perderam o posto de coadjuvantes na decoração. Se antes elas serviam meramente como iluminação auxiliar, hoje chegam a ser a estrela da ambientação.

Com design cada vez mais diferenciado, seja feita em grandes proporções ou  para compor uma mesa, podemos encontrar luminárias que são verdadeiras obras de arte e que atendem a todos os gostos!

Confira, abaixo, 09 modelos maravilhosos e na galeria, no topo deste post, essas peças ambientadas:

 

Luminárias Liliput e Gulliver [Lattoog]

Liliput

 LUMINÁRIA GULLIVER  - LATTOOG.jpg

Estas luminárias de piso têm formas sinuosas e esculturais que lembram cúpulas tradicionais de teto, mas surpreendem pelas grandes proporções. A idéia é que essas luminárias sejam visualmente predominantes nos ambientes. Com desenho marcante, não passam desapercebidas e criam uma agradável luz ambiente. Seu nome foi dado em referência ao famoso personagem do escritor Irlandês Jonathan Swift, autor de um dos grandes clássicos da literatura: As Aventuras de Gulliver. Neste conto, Gulliver experimenta em suas viagens diferentes sensações de escala. Liliput é uma das cidades visitadas por Gulliver.

 

Luminária Outono – Jun Nakao

 Luminária Outono

O Outono é o tempo das folhas caírem e revelar as estruturas invisíveis. A luminária Outono! em sua tríade confere o tempo ao tempo. O galho intermediário com sua iluminação à altura dos olhos: o tempo para ler; o galho menor com sua iluminação voltada para objetos: o tempo para contemplar; o galho maior iluminando o alto: o tempo para refletir sobre a natureza da existência.

 

Luminárias Kremlin e Moscou [Lattoog]

 Kremlin.jpg

 Luminária Moscou.jpgLuminária Moscou.jpg

Os primeiros esboços foram inspirados nas sinuosas cúpulas do Kremlin, em Moscou. Deles surgiram as peças em laminado de madeira cortado a laser, pés de madeira maciça torneada e exclusiva cúpula de vidro soprado.

 

Luminária Cono [Rejane Carvalho]

Luminária Cono

Numa linguagem contemporânea, Cono é o conceito revisitado das luminárias dos anos 50. Base em aço inox natural ou com pintura eletrostática nas cores vermelho, amarelo, branco e preto. Cúpula laminada em madeira natural do lado externo e laca do lado interno. Um pino fixado estrategicamente na cúpula serve para direcionar o foco para cima ou para baixo conforme necessidade do
usuário.

 

Luminária Tent [Jader Almeida]

LUMINARIA TENT.jpgLUMINARIA TENT.jpg

As finas estruturas de aço carbono ou latão criam uma estética industrial e sofisticada ao mesmo tempo.

 

Luminária Penn [Jader Almeida]

LUMINARIA PENN.jpg

Essa peça tem como marca o acabamento minucioso, com soldas mínimas, polimentos delicados, corte a laser e encaixes invisíveis – uma joia de maior escala.

 

Luminária Concha  [Pedro Useche]

Luminária Concha

Resultado da utilização de um tamanho de molde para multilaminação, através de cortes transforma em dimensões e formas variadas um conjunto de peças que inclui luminária, bandeja, bancos, banquetas, cadeiras e estante.